dezembro 2011


As pessoas decidiram que esta é a época de fazer listas e é um tal de 100 melhores isso, 10 piores aquilo…e por aí vai. Seriemaníaca confessa, resolvi listar os personagens mais esquisitos das séries que assisto, e a ordem de colocação é apenas minha memória…nada tem a ver com o mais ou o menos. E agora, sem delongas, vamos lá:

Dexter – Michael C. Hall – (Dexter)  – Dispensa comentários!

Debbie –  Jennifer Carpenter (Dexter) – Cada vez mais esquisita, confusa e agora pensando em incesto ( e não me venha com essa de que o irmão é adotivo!!!)

Louis Greene – Josh Cooke (Dexter) – Um esquisitão de laboratório, meio escondido na trama, mas que promete surpresas.

O menino Henry – Jared Gilmore – (Once upon a time) – Tão estranho que ainda não entendi direito de onde ele veio, nem pra onde ele vai…

Michael ShannonAgente Nelson Van Alden – Michel Shannon – (Boardwalk Empire) – Um sujeito tão certinho que ficou esquisito.

Travis, o Assassino do Apocalipse – Colin Hanks – (Dexter) – O filho de Tom Hanks convence como um esquisito serial killer doidão.

Os adolescentes Tate – Evan Peters e Violet – Taissa Farmiga (American Horror Story) – O casal mais esquisito do ano!

Constance Langdon – Jessica Lange –  (American Horror Story) – A vizinha viúva, com filhos, relacionamentos e amigos problemáticos. Essa merece um Emmy.

Dra. Temperance “Bones” Brennan – Emily  Deschanel – (Bones) – Um gênio com dificuldade para se relacionar com humanos em geral, mas cheia de boa vontade para tentar.

Hodgins – T.J.Thyne; Angela – Michaela Conlin e o pai de Angela, Billy Gibbons, do Z.Z.Tops – (Bones) – Uma família toda esquisita.

Rick Castle – Nathan Fillion – (Castle) – O canastrão mais esquisito do mundo.

Shemar Moore, Kirsten Vangsness, Paget Brewster, Thomas Gibson, Joe Mantegna, A. J. Cook e Matthew Gray Gubler – (Criminal Minds) – Todos os personagens são esquisitíssimos; coloquei só o nome do elenco para economizar…

Leroy Jethro Gibbs – Mark Harmon (NCIS) – a esquisitice começa já no nome do personagem.

Abby Sciuto – Pauley Perrette – (NCIS) – outra esquisitona de laboratório.

Diretor Leon Vance – Rochy Carroll – (NCIS) – A esquisitice dele reside no comportamento dúbio. Ele é do bem ou do mal?

Reverendo Adam Smallbone – Tom Hollander – e Alex Smallbone – Olivia Colman – (Rev.) – Só mesmo o senso de humor inglês para dar conta da esquisitice desse casal.

Concluo que tem muita esquisitice na TV. Para minha felicidade, a imaginação dos roteiristas parece não ter fim e estão sempre inventando uns comportamentos estranhos e personagens inusitados. Resta aguardar as próximas temporadas para ver no que tudo isso vai dar.

Anúncios

Não sei se já comentei que a cozinha não é meu espaço preferido. O talento e a paciência para a culinária ficaram com minha filha. Sou feliz com isso.

Mas como não dá pra viver de brisa nem comer todo dia em restaurante, estou sempre procurando coisas fáceis de preparar, rápidas e sem muita firula. Acabo encontrando produtos que realmente ajudam quem como essa que vos fala, não é Top Gun no fogão.

Vou mostrar alguns itens que estão na minha cozinha:

   Frutas congeladas Qualitá: batidas no liquidificador com leite, sorvete ou água com gelo, dão ótimos milkshakes e sucos naturais. Podem ser servidas também descongeladas (descongelam em 30 minutos aproximadamente) e cobertas com creme de leite, chantily ou sem nada. Não custam caro e duram uma eternidade no congelador sem ocupar muito espaço. O único trabalho é lavar o liquidificador…

Massa para Lasanha Adriá: Essa massa para lazanha tem uma característica: não precisa ser cozida evitando aquele momento constrangedor de segurar a tira de massa cozida com o maior cuidado, equilibrando para não derrubar na pia. Para preparar é só fazer um molho de tomate mais ralo e ir intercalando massa, molho e recheio. Depois levar ao forno convencional por 40 minutos ou, se estiver com pressa, 18 minutos no micro ondas.  Eu que sou uma exagerada no molho sempre coloco uma forma com água na parte de baixo do forno porque o molho na hora do cozimento pode trannsbordar e limpar o forno não é exatamente uma tarefa adorável.

  Massas Artesanais Quartiere della Pasta: Tenho no congelador  Nhoque de Batatas e Fiore de Mussarela de Búfala (que são lindinhas!).  A vantagem dessas massas é que não precisam ser cozidas. Basta descongelar, cobrir com o molho de sua preferência e levar ao forno. Essas massas são feitas pela cozinha do próprio Restaurante Quartiere della Pasta, que fica na Rua Cubatão.

  Tomates pelados: Outra coisa que não curto é ficar indo semanalmente ao supermercado, quitanda, feira e afins. Para fazer molho de tomates uso esses tomates pelados em lata. Já estão meio cozidos então dou uma amassada, refogo cebola, jogo os peladinhos na panela, acrescento água, sal e uma pitadinha de açúcar para que meu delicado estômago de lagartixa não entre em pânico. Rapidinho o molho ao sugo está pronto para ser usados com as massas acima. Quando a Palmirinha baixa em mim, frito pedacinhos de bacon ou linguiça e depois despejo os tomates e se quero mais light, faço  carme moída refogada para usar no molho e chamar de bolonhesa!

  Vegetais congelados: E por último, mas não menos importante, como se diz em qualquer palestra motivacional, tenho no congelador ervilhas e fundos de alcachofra Bonduelle, batatas  McCain que podem ser preparadas no forno e ficam igual às fritas só que com menos calorias e soja verde da marca Veggie. Essa soja é um capítulo á parte: são super rápidas de preparar e tem um sabor ótimo. Eu faço temperada apenas com um pouquinho de sal na água, mas podem ser refogadas ou  servidas como salada.

Lagartixa na cozinha é assim: rápida, prática e quase nem suja louça.