Se você tem a infelicidade de morar perto de onde os atletas matinais passam correndo esbanjando saúde e força de vontade, esqueça. Domingo não é dia de descanso.

O percurso pelas ruas interditadas para o evento conta com uma presença muito especial: os animadores de corrida.

Vestidos com shorts, camisetas coloridas com nome de patrocinadores estampados no peito e bonés enterrados na cabeça chova ou faça sol, os grupos postam-se nas esquinas por onde os participantes passarão e ficam aos gritos e palmas incentivando os corredores.

Para você que mora próximo ao percurso, não é corredor, deu plantão até as 6 da manhã, teve crise de insônia, está com enxaqueca ou ressaca, só posso dizer uma coisa: os campeões do UUURRRRRÚÚÚÚÚÚÚÚÚ não estão nem aí para o seu descanso.  Então entre as coisas que você pode fazer está levantar-se às 8:30 da manhã, abrir a janela e ficar olhando meia dúzia de gatos pingados passarem se arrastando pela rua. O pelotão principal já foi e os retardatários são os que mais precisam de incentivo certo? e dá-lhes gritos, palmas, apoio, tudo amplificado pelo eco nas ruas desertas…

Voce pode também optar por enterrar a cabeça no travesseiro e rezar para que o inferno engula aqueles pseudo atletas das palminhas enquanto pensa “se esses idiotas são tão bem dispostos assim tão cedo, porque não estão lá correndo, gastando energia e respirando com dificuldade suficiente para abafar os gritinhos?”

Mas no fim sua atitude provavelmente será igual à minha: com um ódio mortal no coração você se levanta, vai pra cozinha fazer um café, aproveita para trocar a água dos cachorros e dos gatos, olha para a pilha de roupas para passar e resignadamente imagina que sua manhã será super produtiva já que agora terá tempo de sobra.

Bom domingo.