guarda inglesSou uma lagartixa curiosa e com um inglês sofrível e daí procurando outro dia no dicionário para ver se havia alguma tradução além de Dia Verde para o nome da banda que ouvia, achei um monte de significados para a palavra green: hortaliça, vegetais, verdura, folhagem, relva, ou cobrir de verde, esverdear, brotar,  ou ainda, arborizado,verde e gramado.

Decidi que o nome deles é mesmo Dia Verde porque aí tem um certo sentido não é? Melhor que Dia Vegetal, Dia Hortaliça…  Foi quando na minha lagartixice habitual, desembestei comecei a divagar.

E se as pessoas dedicassem um dia para fazer  uma coisinha qualquer e dar uma colorida no nosso mundo? E se o todos os habitantes da Terra tirassem um dia de suas vidas para semear, plantar e colher idéias que nos ajudasse a superar a ameaça de desertificação que está aí pra quem quiser ver? Lembrei que já existe o Dia do Meio Ambiente e que muita gente está preocupada com a preservação da natureza, mas parece que ainda não o suficiente.

Quem aponta para os problemas ambientais mostrando o perigo que o planeta corre, é quase sempre chamado de xiita ou de alarmista, e toda vez que chamam um ambientalista de xiita tento entender a quais interesses aquele “perigoso” ser está ameaçando. Precisamos alimentar as populações é óbvio, porque se todo mundo morrer de fome quem é que vai ver as árvores e flores, quem vai desfrutar do ar puro, quem vai ver o azul do céu?

Será que não tem jeito de ser forte e saudável, respirar ar puro e comer alimentos saborosos, muito diferentes das mangas sem gosto e dos morangos ocos e fingidamente vermelhos que compro no supermercado e, ao mesmo tempo  menos agressivo com a natureza?

Enquanto sonho posso ver pela minha janela o grupo de trabalhadores cortando, sem dó nem piedade, os galhos da árvore antiga e frondosa que fica ali no canteiro central da avenida e que, segundo pude entender, atrapalham a visão dos motoristas, escondem o sinal luminoso da esquina, atrapalham a iluminação, etc.

Os galhos  caem na avenida numa poda rigorosa e ao final a linda árvore fica com cara de guarda do Palácio de Buckingham: orgulhosa, alta, magra, esticada e com um tufo na cabeça.

P.S.: Dia 8 de agosto começam as inscrições para o Festival de Cinema no Rio de Janeiro, dessa vez  abraçando a causa ecológica, com o Green Nation Fest    que promove um concurso cultural dando uma viagem à Fernando de Noronha para quem escrever a melhor frase para a Terra. Já é um começo!