beicinho4

 

Estou com a impressão de que só venho aqui no blog pra reclamar e se for isso mesmo, que me desculpem os eventuais um ou dois leitores, mas vamos lá; dimovooooo!!!!, como dizia Baby Sauro nos tempos da TV á lenha e de gente de verdade atendendo telefone nas empresas de verdade.

Em 5 de agosto de 2008 fiz um post aqui falando do atendimento da NET. Seis meses depois continua tudo igual, ou melhor, quase tudo porque agora eles colocaram à nossa disposição um telefone gratuito cujo número é: 10621. Anotou? Agora jogue fora porque simplesmente não funciona.

Essa ultima semana liguei no mínimo 80 vezes! Sim você leu certo: oi-ten-ta vezes. Em 98 % das tentativas o sinal era de ocupado ou entrava uma gravação dizendo “Esse número de telefone não existe. Favor consultar…blá blá blá…pipipi”.

Nos 2%  restantes a ligação era completada, vinha uma simpática voz masculina com aquele menú surreal, mais ou menos assim:

– Você ligou para a Net. Se você estiver com um problema técnico digite 1.

– Para falar sobre sua fatura digite 2.

– Para adquirir …………(preencha a lacuna que não vou fazer merchandising pra eles) digite 3…e por aí vai

Então digito 1

Volta o simpático: Se o seu problema é com sua TV por assinatura, por favor digite 1; se o problema for com sua conexão de Internet digite 2…..

Afoita digito 2.

O lindo: Digite seu código Net composto por 12 algarismos ou o CPF do titular da conta.

A tonta: 000/000000000000

O simpático: Obrigado. Um momento enquanto localizo seu cadastro. Pronto achei!!

Agora se você acha que seu problema técnico é falta de sinal, digite 1 e tudo bem se você não sabe.

A indecisa: Ai meu Deus e agora? É pra digitar 1 mesmo que não seja falta de sinal?  O moço não liga pra isso? Mas pra que pergunta então? E esperançosa digito 1.

O voz de veludo: Um momento enquanto transfiro sua ligação para um de nossos consultores epecializados. Mas antes anote o número do protocolo desse atendimento caso você queira voltar a falar sobre ele. E recita bonitinho um número com 15 digitos. Educadamente ele se oferece pra repetir caso eu queira. Um verdadeiro gentleman.

Me ajeito na cadeira, respiro fundo e repito como um mantra: agora serei atendida, agora serei atendida,agora serei atendida…….Pipipipipipipipipipipipipipipi…….

 A cena se repete infinitas vezes, desisto de anotar os números de protocolo, tenho vontade de chorar de ódio, esqueço a parte zen das minhas esperanças e abomino aquela simpatia eletrônica.

Afinal, milagrosamente, consigo ser atendida por um ser de carne e osso (eu acho) e  rapidamente explico meu problema, antes que a linha caia.

Óbvio que preciso confirmar meus dados, porque vai que sou uma outra pessoa que quer reclamar que a minha conexão não funciona e assim me prejudicar, né mesmo?! Educadamente dou as informações.

Esclareço para moça que pago uma conexão Mega Flash de 6 Megas ; que  minha conexão está lenta e conto que gosto de jogar on line – não que ela tenha alguma coisa com isso, mas  é parte do problema já que a cada 5 minutos sou desconectada do servidor do jogo. Ela, solícita, quer agendar uma visita técnica. Fico mal humorada Gentilmente digo pra infeliz que já vieram vários técnicos na minha casa e que o problema não é aqui,  é lá – no Virtua. Ela compreende e respiro aliviada.

Aí vou para um assunto delicado que descobri nas minhas andanças pelos sites e blogs que falam sobre Conexão Banda Larga.

Pergunto inocentemente se por acaso a minha conexão é monitorada por  um tal de traffic shaping (o espião dos servidores de Internet no mundo todo, o fantasma que assombra os caras que baixam filmes, músicas e afins!), porque se for quero saber como fazer pra receber a velocidade contratada sem censura…quanto custa, o que tenho que fazer?

A Atendente me pede para aguardar um momento que ela vai verificar. Finalmente conseguirei uma resposta, penso feliz.

Exatos 25 minutos depois desligo o telefone já que a moça não voltou e me deixou ali, de orelha quente e sangue nozóio de tanto esperar. Tomara que tenha tido uma desinteria incontrolável no caminho entre a mesa dela e a do supervisor que daria tal informação, porque de outra maneira, ela me tratou como lixo e daí tenho direito de rogar praga.

Entrei no site da Net Virtua para enviar uma reclamação á Ouvidoria; contar tudo pra eles. Ainda bem que sabiamente salvei o texto num documento word porque é óbvio que depois de escrevr 345 palavras (pode escrever até 400… fui modesta) não consegui enviar. Segundo o site o número de protocolo, aquele que a mensagem eletronica havia me fornecido,  não existia!

Aí, num último alento vi lá a sessão Fale Conosco e mandei um e-mail com o tal texto e agora, bestalhona como sou, espero uma resposta.

Pra quem se interessar em saber o que é o tal traffic shaping, em superficial resumo, é um controle que os provedores fazem para que o tráfego não fique muito intenso  já que eles não tem estrutura física para atender à demanda. Aí eles “cortam” os pacotes de envio e recebimento caso resolvam que você está gerando muito trágefo, deixando sua conexão lenta e inútil. Maiores detalhes leiam o blog que linkei ali em cima, onde o moço disseca o assunto feito gente grande  que entende das coisas.

Como sempre,  ainda tenho esperança de que um dia receberei pelos serviços que contrato e pago. Mimimi…mimimi…mimimi

 

P.S.: Se alguém souber de alguém que conseguiu resolver esse tipo de problema, por todos os santos, me diga.